• 25/08/2016// Por: Camila Pavani

    É claro que já criaram um aplicativo de paquera com o Pokémon Go

    pokedates

     

    A febre do Pokémon Go esta interditando ruas, enlouquecendo fãs, preocupando algumas autoridades e enfurecendo alguns namorados e namoradas. O jogo tem dois efeitos nos relacionamentos: o primeiro é afastar alguns casais que agora preferem caçar Pokémons do que sair pra jantar ou ir ao cinema. E o segundo efeito é bem melhor já que tem muita gente se esbarrando por aí durante a caça e engatando romances.
    Por isso, é claro que uma empresa de games já decidiu capitalizar no fenômeno e criou o primeiro app de paquera para os fãs do jogo. É o PokéDates. Como o nome já explica, é um aplicativo que reúne apenas jogadores e aproxima aqueles com interesses comuns em determinadas áreas.
    Segundo o site, para fazer parte é preciso se cadastrar e responder um questionário sobre suas preferências. Depois, tem que delimitar os horários e lugares que costuma ir enquanto joga. O app, então, liga as informações, encontra um par ideal e agenda um encontro com lugar e horário definidos para o futuro casal.
    Mas apenas o primeiro encontro é grátis. Depois, cada pessoa precisa desembolsar, no mínimo, US$ 20 (aproximadamente R$65). Infelizmente, se você gostou da ideia vai ter que esperar um pouco porque o aplicativo ainda não tem previsão de chegada ao Brasil.

     

    Lá do Vírgula UOL


    Gostou? Compartilhe

  • 24/08/2016// Por: Camila Pavani

    Um vídeo que ensina casais comuns a praticarem “posições olímpicas”

    Posicoes_sexuais_olimpicas

     

    As Olimpíadas acabaram, mas ainda temos lembranças desse momento maravilhoso. Pensando nisso, a Cosmopolitan.com fez um vídeo com um casal comum ensinando “posições olímpicas” pra apimentar a sua fodinha. Será que funciona mesmo?

     


    Gostou? Compartilhe

  • 23/08/2016// Por: Camila Pavani

    Egoísta no sexo

    Olá,

    Sou L., acompanho o blog e sempre dou muitas risadas com as histórias que leio por aqui, hoje decidi contar a minha história nada engraçada.

    Há uns tempos atrás ficava com um menino, ok até ai. Nunca tinha rolado nada até então. Um certo dia resolvi mandar uma mensagem para ele, já que não tinha outra opção, tive que ir na figurinha repetida. Nisso, combinamos de nos encontrar um dia à noite depois da faculdade, o desgraçado já partiu direto pro “pico“. Hoje em dia nem pra jantar se leva mais…

    Chegamos no motel, amasso pra lá, amasso pra cá. Nisso, o cara ao invés de “partir pro ataque”, ficou a transa toda “batendo uma”. Imagine, eu de 4 pro boy e ele batendo uma punheta, nisso, eu me estressei e fui pro banho e comecei a colocar a roupa. O desgraçado ainda pergunta: Já vai colocar a roupa?

    Só respondi “Fica batendo a tua punheta que eu vou embora.”

    Depois daquele dia, nunca mais nos vimos, nem ficamos e exclui ele das redes socais. Foi um sexo casual que não deu certo.

     

    ________________________________________

    Manda sua história também. O email é blog@acidezfeminina.com.br


    Gostou? Compartilhe

  • 22/08/2016// Por: Camila Pavani

    5 coisas que sua vagina pode fazer e você não tinha ideia

    5-coisas-vagina

     

    Considerada misteriosa até por grande parte das mulheres que, por timidez ou falta de confiança pouco observam o próprio corpo, a vagina é realmente um órgão bastante complexo que pode causar surpresa e despertar curiosidade, especialmente quando se descobre que ela é capaz de fazer muitas coisas que você sequer imaginava:
    1. A vagina tem a capacidade de se limpar sozinha, já que o corrimento transparente que expele ajuda a eliminar bactérias e células mortas que poderiam entrar no útero e causar infecções. Por isso médicos não recomendam uma higienização excessiva da área.

    2. Você pode não perceber, mas a vagina muda de cor. Durante a excitação sexual ou gravidez, o fluxo sanguíneo na região é alterado e pode resultar em mudança de cor, geralmente mais escura.

    3. Além da coloração, a vagina também muda de tamanho. Ela pode aumentar por causa dos vasos sanguíneos que ficam dilatados quando a mulher está excitada.

    4. A vagina pode ficar mais forte, já que exercícios pélvicos são capazes de fortalecer os músculos da região intima, fazendo com que a mulher controle melhor a bexiga e ainda possa conquistar mais prazer durante o sexo.

    5. Por fim, a vagina pode experimentar diferentes tipos de orgasmo, como clitoriano, vaginal, combinado e múltiplos. O primeiro é quando a mulher atinge o orgasmo sem penetração, apenas com a estimulação do clitóris. A segunda ocorre com a penetração, o combinando é quando acontece o clitoriano e vaginal ao mesmo tempo e, finalmente, quando são experimentados vários orgasmos consecutivos.

     

    Essa lista é lá do Portal Vix


    Gostou? Compartilhe

  • 19/08/2016// Por: Camila Pavani

    Imagine só se os homens engravidassem…


    Gostou? Compartilhe

  • 18/08/2016// Por: Camila Pavani

    A posição não favoreceu o “after sex” deles

    rapidinhaleitor211

     

    Olá,

    Me divirto tanto que resolvi contar minha história cômica aqui!! Vou me identificar como J e ele como S. Então eu e o S nos pegamos há um tempo já, coisa de “pega e não se apega”, ficamos quando queremos um sexo gostoso e muito quente!! E cheio de malabarismos… Enfim estávamos numa dessas pegadas quentes cheia de posições e aquela coisa e uma hora ele sentou na cama e eu sentei em cima dele, aquela cavalgada coisa e tal. O ambiente estava a meia luz então não vi nada de diferente na cama, acabamos, ficamos de papo e ele foi pro banho. Foi quando eu acendi a luz no mais forte e olhei pra cama, onde ele havia sentado estava borrado de marrom, mas eu não estava de batom. Meu deus, era borrado de cocô!!!!! Eu comecei a rir muito e tinha que rir silenciosamente, pra ele não perceber e logo pensei “coitado quando ele ver vai morrer da vergonha”! Abaixei a luz e fui pro banho com ele, mas só pensava em como ele era porco que não limpava a bunda direito, quando ele saiu ele deu uma olhada pra cama e disfarçou, eu coloquei a roupa rápido e falei pra irmos, mas até hoje evito essa posição: borra de cocô.

     

    ____________________________________________________________

    Mandem suas histórias para blog@acidezfeminina.com.br. Nós nos divertimos e vocês têm a chance de ouro de contar pra alguém aquela situação constrangedora que passaram.


    Gostou? Compartilhe

  • 16/08/2016// Por: Camila Pavani

    SEXO SEM DÚVIDA #2 – Minha namorada sente ardência após o sexo, será que ela tem alergia ao meu sêmen?

    sexo-sem-duvida-cabeça

     

    Sempre que sua namorada sentir ardência fale para ela que ardência, dores, queimações, coceiras são indícios de que algo não está bem. Ter estes sintomas é indicativo de que algo precisa ser verificado.

    Muitas mulheres sentem isto e resistem em falar, passam semanas, meses e até anos para comentar com o companheiro, com uma amiga e as vezes até com profissionais da área da saúde.

    Qualquer desconforto, durante o sexo e até depois do ato sexual deve ser avaliado, porque sentir ardência não é desejado que aconteça. Sexo, penetração, ejaculação não podem ser motivo de dor.

    A primeira coisa a se fazer é ela conversar com o(a) médico(a) dela e investigar esta ocorrência, que podem ser fungos, algum trauma físico interno, pode ainda ser sinal de alergias, ou qualquer outra questão, que isso a medicina pode avaliar. São muitos fatores que podem estar interferindo, até alergia ao sêmen, que sabe-se na ciência que alguns casos assim ocorrem.

    Mas qualquer resposta que eu lhe der aqui de forma superficial, sem investigação correta, é correr o risco de errar, portanto indicado é ela buscar um exame físico.  Se não aparecer nada nos exames físicos ela deve buscar um Terapeuta Sexual, preferencialmente um(a) psicólogo(a) especialista em sexualidade, para identificar o que pode estar ocorrendo na parte psicológica. Algumas Disfunções Sexuais Femininas são causadoras de ardência e para isto a solução é com terapeutas especializados.

     

    Querem saber mais sobre sexualidade? Mandem suas dúvidas no email blog@acidezfeminina.com.br, prometemos manter seu nome em segredo!

     

    sexosemduvida.com é o maior portal brasileiro de Sexualidade Humana, onde você encontra conteúdo sobre sexualidade e especialistas que realizam consultas online.


    Gostou? Compartilhe

  • 10/08/2016// Por: Camila Pavani

    O que vem antes: desejo mental ou excitação física?

    sexo-casal-triste

    Casais que vivem uma relação duradoura sabem que, de tempos em tempos, o desejo sexual pode se apresentar de maneira mais raras, devido a diversos fatores, que vão desde estresse, filhos a questões financeiras. A libido mais baixa não significa, em todos os casos, falta de amor, mas sim algo que talvez precise ser melhor trabalhada.

    Se você percebe que anda menos disposta ao sexo e já verificou através de exames que não há nada de errado com seu organismo, pode sentir a necessidade de recuperar a libido, questionando se o desejo mental está diretamente ligado à excitação física para entender os motivos pela falta de vontade de transar.

    Libido baixa, entenda:

    Segundo especialistas ouvidos pela reportagem do site “Prevention”, as mulheres precisam entender que nem sempre é necessário sentir um grande desejo para iniciar uma transa. Se ela tem vontade de se relacionar intimamente com o parceiro, vale ceder a tentativas de aproximação dele, mesmo quando não está pensando em sexo. O simples ato de se entregar aos toques pode garantir excitação e, assim, melhorar a intimidade.

    Vale ressaltar: O método pode ser bastante eficaz desde que, obviamente, a mulher tenha vontade de se relacionar com o companheiro, sem que se sinta pressionada ou forçada por ele, o que pode ser considerado um desrespeito e até mesmo um abuso. O envolvimento com o parceiro e dedicação de ambos para que a relação seja prazerosa, com atenção especial às preliminares, é fundamental para que o desejo volte a ser frequente na relação.

     

    Essa é do Vix


    Gostou? Compartilhe

  • 08/08/2016// Por: Camila Pavani

    Atletas usam aplicativo de relacionamento em busca de brasileiras durante a Olimpíada

    Eles estão atrás de medalhas, claro. Mas muitos atletas que chegaram ao Rio para competir na Olimpíada 2016 também querem levar de recordação outras coisas além do pódio. No caso, as brasileiras, que estão na mira desses lindos e apolíneos moços.

    Eles estavam usando aplicativos de relacionamento, mesmo antes de colocarem os pés no Brasil, a fim de verificar o que encontrariam nestas terras. Veja alguns bonitões que dão mole virtualmente fora da Vila Olímpica e mexa nas suas configurações. Vai que dá match!

    Alguns atletas que achamos por lá:

     

    Stefanos Dimitriadis, 26 anos, nadador da Grécia

    stefano

    O moço não se descreveu, mas é cada foto que dá vontade de olhar várias vezes o álbum e torcer por uma combinação. Mesmo que você não fale grego!

     

     

    Rémi Saudadier, 30 anos, jogador de polo aquático pela França

    atleta2

    Na descrição do aplicativo ele só informa a altura, 1,95m, e exibe o corpão. Não precisa mais nada, né?

     

     

    Bart Deurloo, 25 anos, ginasta da Holanda

    atleta3

    Ele se descreve como obstinado e diz que ama rock e tatuagem. Dá para ver, né?

     

     
    Leia mais no Extra


    Gostou? Compartilhe

  • 02/08/2016// Por: Camila Pavani

    SEXO SEM DÚVIDA #1 – Não consigo gozar na cama, a culpa é minha?

    Sim, temos uma nova coluna aqui no blog!

    O psicólogo e terapeuta sexual Marlon Mattedi, lá do site Sexo Sem Duvida, vai responder todas as nossas dúvidas mais profundas sobre sexo e sexualidade, então não tenham vergonha, mandem suas dúvidas no email blog@acidezfeminina.com.br, não precisamos nem dizer que manteremos sua identidade secreta, né!?

    Bora saber mais sobre aquelas perguntinhas que ninguém tem coragem de fazer? A coluna é quinzenal, então fica ligadinho que sempre vai ter coisa nova rolando por aqui!

     

    sexo-sem-duvida-cabeça

     

    Não consigo gozar na cama, a culpa é minha?

     

    Comece já ficando tranquila, aproximadamente 80% das mulheres não gozam durante o sexo no formato pênis dentro da vagina. A maioria das mulheres precisa de algo mais, como estímulo do clitóris, masturbação, sexo oral ou outros estímulos no corpo para conseguir gozar.

    Se você estiver saudável emocionalmente, não é culpa de ninguém, nem sua, nem de quem transa com você se você não gozar quando está sendo penetrada.

    Simplesmente as mulheres encontram dificuldade em gozar, na maioria das vezes, com sexo pênis/vagina porque a vagina é carente de sensibilidade ao toque dentro dela. Tem muita sensibilidade fora,(onde é justamente a parte onde você toca nas preliminares, com sexo oral e masturbação por exemplo) mas é carente de receptores internamente, é carente de células que percebem estímulos a partir dos 2,5 a 3 centímetros para dentro da entrada da vagina.

    Portanto, se quiser gozar com a penetração, é bem provável que você tenha que fazer como algumas mulheres fazem para chegar ao orgasmo, mesmo sendo penetradas continuam a se estimular na parte de fora, no clitóris também.

    Isso não tem nada a ver com tamanho de pênis, nem com tamanho da vagina; pode ser grande, pequena ou como for, a parte mais sensível da vagina está sempre fora, e não dentro onde o pênis fica tocando quando lhe penetra. O segredo não está no fundo onde os homens querem chegar quando penetram as mulheres.

    Quer aumentar as chances de chegar a orgasmos com penetração? Penetre só a ponta do pênis, e curta movimentos ali, aproveite ali e não passe disso, se passar desses 2,5 a 3 centímetros para penetração, provavelmente já diminuirá o estimulo para um orgasmo.

    Aproveite.

     

    sexosemduvida.com é o maior portal brasileiro de Sexualidade Humana, onde você encontra conteúdo sobre sexualidade e especialistas que realizam consultas online.

     

     


    Gostou? Compartilhe

Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 28 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?