• 28/08/2015// Por: Camila Pavani

    Meditação Orgástica vira febre em Nova York e promete melhorar vida sexual das mulheres

    thinkstockphotos-511772549

     

    O clima é semelhante ao de uma aula de ioga, mas a prática passa longe dos exercícios de alongamento e respiração. Batizada de Meditação Orgástica, a nova moda de Nova York, que começa a se popularizar também na Europa, oferece relaxamento através da masturbação em uma sala repleta de mulheres e homens que nunca se viram.

    A norte-americana Nicole Daedone, responsável por disseminar a MO, foi apresentada à prática por um rapaz que conheceu em uma festa. “Quando vi, estava deitada com as pernas abertas e ele fez aquilo que deveríamos esperar de um ato sexual. Apontou uma luz lá para baixo e descreveu tudo o que viu”, contou em uma palestra para o TEDxSF Talk. “Ele disse: ‘Seus grandes lábios são coral, e estou percebendo que o seu interior tem uma cor mais avermelhada. Eles estão inchando conforme olho’. Não ouvi nada mais, porque as lágrimas logo começaram a escorrer.”

    Imersa nessa nova sensação, Nicole decidiu criar uma prática baseada na experiência, que já soma, segundo ela, mais de 11 mil adeptos no mundo todo.

    Trata-se de algo sexual, mas com efeitos secundários, que os praticantes definem como espiritual. “É sobre consciência plena, autoconhecimento e bem-estar”, garantiu Justine Dawson, que levou a MO para o Reino Unido, em entrevista à Marie Claire britânica. O espaço original, OneTaste, fica no centro de Manhattan.

    Segundo ela, a tal meditação ajuda ainda as mulheres a se libertarem de qualquer sentimento de vergonha ou constrangimento relacionado ao corpo e ao prazer sexual. 

    “Se você está acostumada a recorrer ao sexo ou masturbação para desestressar, então deveria ser capaz de reconhecer o poder que o orgasmo tem de relaxar e revigorar quem o alcança”, explica ela. “Mas a nossa sociedade não nos ensina a turbinar esse potencial. Praticando a MO, você pode cultivar a energia do orgasmo e canalizá-la para o dia a dia com muita positividade.”

    ENTÃO, COMO MEDITAÇÃO ORGÁSTICA É FEITA?

    A mulher se acomoda em uma espécie de “ninho”, montado com tapete de ioga, cobertores e travesseiros. Em seguida, ela é apresentada ao seu par. Enquanto o homem permanece vestido e recebe a tarefa de “compartilhar energia” com a parceira até que ela alcance o orgasmo, a mulher se despe das roupas da cintura para baixo e se deita com as pernas abertas.

    “Fui incentivada a fazer um pedido ao meu parceiro, algo como ‘mais rápido’, ‘mais lento’, ‘mais forte’, ‘para a direita’. Mas não tinha ideia do que dizer. Pedi um ajuste que era bom e deixei escapar um pequeno gemido superficial”

    Orientado por um instrutor e munido de uma luva de látex lubrificada, o parceiro, ajoelhado ao lado dela, começa pela etapa da descrição das partes íntimas da mulher. Neste momento, é fundamental usar expressões neutras, que não designem valor. Em seguida, uma vez que ela lhe dá permissão, ele penetra o polegar na entrada da vagina e começa a massagear o clitóris.

    A massagem deve durar 15 minutos – nem mais, nem menos. Este é o tempo considerado ideal para uma experiência completa. “Se durasse mais tempo, ela seria esmagadora e exigiria muita concentração ou simplesmente seria difícil de adequar a uma programação”, diz Justine.

    “Comecei a me sentir enjoada sobre deixar um estranho me tocar de maneira tão íntima, especialmente depois de agradecê-lo. Chorei quando cheguei em casa”

    Nesta hora, o foco está voltado à respiração profunda, sintonizando as sensações físicas e esvaziando a mente. É o clímax da aula, que nem sempre é atingido logo na primeira vez.

     

    “A ênfase no compartilhamento íntimo e emocional se provou reveladora. Ele une as pessoas e gera uma espécie de eletricidade. Antes de começar com a MO, eu tinha que me esforçar bastante para transformar pensamentos em ações ou tomar decisões. Agora, me sinto nutrida e concentrada”, diz ela.“A Meditação Orgástica mostra também como a sexualidade feminina pode ser uma fonte de poder. Em vez de escondê-las, deveríamos deixá-la nos guiar.” 

    No fim da sessão, todos os alunos se reúnem para compartilhar suas impressões da experiência.

    “Percebi rapidamente que era ingênuo da minha parte considerar este exercício do ponto de vista clínico. É uma pessoa me tocando, não um ginecologista. Tive dificuldade de separar tal intimidade física da intensidade emocional.”, confessou a escritora Alix Fox à Marie Claire UK.

    “Mas algumas coisas que a MO ensina são valiosas, como a desmistificação da ideia de que o prazer é inútil sem clímax. Além disso, tem o fato de eles encorajarem as mulheres a assumirem o controle e não sentirem vergonha de seu corpo e desejo. Talvez com a prática, os benefícios se tornariam mais evidentes.”

    Já a aluna nova-iorquina, após algumas aulas, prefere não se assumir convertida à prática, mas confessa não ser mais tão cética como era no início. “Algumas semanas após minhas aulas, tive uma transa tão intensa que deixei arranhões nas costas do meu parceiro. Resíduos do nirvana? Vou ficar com isso. Namaste.”

    Vejam a palestra completa (em ingles):

     

    Reportagem da Revista Marie Claire


    Gostou? Compartilhe

  • 24/08/2015// Por: Camila Pavani

    Free the Bacon: Kevin Bacon inicia campanha por mais nudez masculina em Hollywood

    kevinbacon

     

     

    Kevin Bacon participou de um vídeo de humor do site ‘Mashable’ em que pede para haver mais nudez masculina em Hollywood. O slogan da campanha seria: “Liberte o Bacon”.

    Em tantos filmes e séries vemos nudez feminina gratuita e isso não está certo”, diz no vídeo. “Bom, está certo, mas não é justo com as atrizes nem com os atores, porque queremos estar pelados também. Cavalheiros, chegou a hora de libertar o bacon!”.

    O ator fala também em como poderia interpretar papeis em que apareceria nu em séries como ‘Game of Thrones’ e filmes como ‘50 Tons de Cinza’.

    Assista ao vídeo:

     

    E vocês, o que acham disso?

     

     

    Vi na Revista Monet


    Gostou? Compartilhe

  • 16/08/2015// Por: Camila Pavani

    Tentativa de assassinato no motel

    rapidinhaleitor21

     

    “Oi Taty!

    Meu nome é Luana e hoje eu estou escrevendo pra te contar sobre o dia em que tentaram me matar sufocada.
    Bom, eu sempre tive aquele tabu de não dar de primeira, porque eu sempre achei que não ia ter uma intimidade ou ia ser uma bosta e o cara ia ser escroto depois. Até que um belo dia, em uma viagem com minhas amigas, conheci o fulano e começamos a ficar. Ele era do tipo que me beijava e me dava vontade de tirar a roupa. Ficamos nessa pegação um dia e eu resolvi que ‘foda-se o tabu’, eu ia dar pra ele.
    Fomos a uma boate a noite, o clima esquentou e resolvemos ir pro hotel e na hora H tava tudo muito bem, encaminhando lindamente até que ele perdeu a noção da força e me enforcou. Mas não foi uma enforcadinha, foi uma enforcada dessas que eu não tive como aguentar e comecei a tossir. TOSSIR no meio do rala e rola. Ele viu o que fez, pediu desculpas e ai acabou clima né. Resolvemos dormir mesmo eu, ele e minha decepção. Como um cara tão gostoso, com uma pegada ótima, dava um fora daquele???!!
    Resultado: Nos encontramos 3 semanas depois desse ocorrido, ele se redimiu da tentativa de assassinato. Ficamos juntos por 8 meses, eu tô viva, ele nunca mais tentou me me matar.”


    Gostou? Compartilhe

  • 14/08/2015// Por: Camila Pavani

    Marca de lingerie tem aumento de vendas após fazer campanha com fotos sem photoshop

    aerie-real

     

     

    Quem disse que campanhas que exaltam uma beleza mais natural não dão dinheiro? A American Eagle viu suas vendas aumentarem em cerca de 13% ao anunciar que não faria mais retoques nas imagens da sua linha de lingerie Aerie. 

    Em 2014, a marca anunciou que deixaria de usar o Photoshop em suas campanhas e em suas redes sociais. “Não é preciso editar a beleza”, falou a presidente Jenifer Foyle, na ocasião. No trimestre comercial em que a decisão foi colocada em prática, a American Eagles fechou com aumento de 9% nas vendas. No período seguinte, o crescimento foi mais discreto, de apenas 3%. Porém, nos primeiros meses de 2015, houve um pulo de entre 12% e 13% na saída das peças.

    Não se sabe se o salto nas vendas tem mesmo algo a ver com o fim do retoque digital, mas a marca continua com a iniciativa. Nas redes sociais, a American Eagle usa a hashtag #AerieReal para deixar claro aos seus fãs que as imagens permanecem sem retoques.

    Assim, as modelos, mesmo tendo um corpo dentro do padrão de beleza mais exigente, aparecem com barriguinhas salientes, dobrinhas nas costas e até mesmo estrias. Aerie também publica, em seu Instagram, fotos de garotas comuns usando os produtos da marca, que incluem sutiãs, calcinhas e roupas de banho.

     

    Vi na Uol Mulher


    Gostou? Compartilhe

  • 13/08/2015// Por: Camila Pavani

    O cara era mais ou menos “machão”

    rapidinhaleitor21

     

    “Bom, conheci um cara bem mais velho, eu com 18 e ele com 34! Na hora me interessei, era forte, alto, não era tão bonito mas tinha um ótimo papo e muito charmoso! Trocamos nossos números de telefone e fomos nos conhecendo, descobri o que pude sobre ele, inclusive que ele conhecia meus tios e toda minha família desde que eu era criança! Me interessei muito e logo marcamos de sair, em segredo lógico! No dia em que saímos descobri que ele andava armado e por mias perigoso que parecesse aquele frio na barriga era sensacional, um super machão do meu lado fiquei encantada! O clima esquentou e fomos para um motel! Tava tudo ótimo, até eu tirar a blusa… Meu Deus! Ele gemia sem parar, e nem estávamos fazendo nada, ele gemia tanto que olhei pra ele pra ver se ele estava passando mal. Gemia como uma mulher, a voz afinava e ainda xingava e se auto-titulava de cachorro! Comecei a me incomodar de tanto que ele gritava. E olha que nem transamos! Quanto mais gritava mais a voz afinava, foi assustador! Nunca mais quis ver o dito cujo do machão.”


    Gostou? Compartilhe

  • 12/08/2015// Por: Taty Ferreira

    Chega de Insegurança


    Gostou? Compartilhe

  • 12/08/2015// Por: Camila Pavani

    Marido vê esposa sem maquiagem pela 1ª vez e a processa por ‘fraude’

    make07

     

    Um homem recém-casado está processando a esposa por “fraude” após vê-la pela primeira vez sem maquiagem. Na manhã seguinte ao casamento na Argélia o homem acordou chocado com o “rosto natural” da mulher.

    No começo, o marido chegou a pensar que a mulher que estava ao lado dele na cama não fosse a sua esposa. Ao olhar com mais cuidado, ele acabou admitindo que a casa não havia sido invadida por uma estranha.

    O argelino diz no processo que quer uma compensação por sofrer “danos psicológicos”. “Ele disse que ela parecia ser muito bonita e atraente antes do casamento, mas, ao acordar, ele viu que ela tinha tirado a maquiagem. Ele ficou aterrorizado e achou que fosse uma ladra”, disse uma fonte à imprensa local, citada pelo “Metro”. Não foi esclarecido se o casal vai se separar.

     

    Vi no Page Not Found


    Gostou? Compartilhe

  • 11/08/2015// Por: Camila Pavani

    Foi tentar ser sexy, mas se estabacou toda

    rapidinhaleitor21

     

    “Oi, eu sou a L. e sou casada. Meu marido foi meu primeiro e único namorado. Nesses 6 anos juntos nunca o trai, porém já ficamos 6 meses separados e quando voltamos foi aquela loucura, afinal tínhamos que tirar o atraso. Bom fazia dias que tinhamos voltado e como já era grande a nossa intimidade fui tentar fazer algo diferente pra variar as coisa.

    Então ele foi pra o banho e vi ai minha oportunidade. Me maquiei, botei minha camisola mais sexy, uma cinta liga, arrumei o cabelo e ele mais que destraído saiu do banheiro e foi sentar no sofá. Então cheguei perto da porta do nosso quarto, que ficava de frente pra sala e dei um assoviu e ele me olhou. Quando fui fazer uma pose sensual e colocar a mão no guarda roupa, esqueci que nossa porta estava quebrada e cai para dentro do guarda roupa. Bati a cabeça e me machuquei toda, além de me desarrumar. Quando olho pro meu marido está ele na sala morrendo de rir de mim.

    Bom terminamos a noite rindo disso, mas rolou uma bela transa depois.”


    Gostou? Compartilhe

  • 10/08/2015// Por: Camila Pavani

    Casais tendem a discutir quando estão com fome, explica estudo

    casai-brigando

     

    Uma conversa informal antes do jantar e, pronto, ela já está falando novamente sobre a toalha que você deixou jogada na cama de manhã. Em um impulso, você acaba discutindo por algo completamente fútil. Bom, a culpa disso pode ser a fome. Segundo um estudo da Universidade Estadual de Ohio, casais tendem a discutir quando estão de barriga vazia.

    A justificativa é lógica. Ou melhor, o contrário disso. Nosso cérebro gasta boa parte de nossa energia para funcionar corretamente e, com menos “combustível” no corpo, ele deixa de raciocinar como deveria. Logo, perdemos uma função crucial para um relacionamento: autocontrole. Aquele pensamento maldoso acaba saindo da boca para fora. 

    O método de pesquisa aplicado pelos estudiosos foi bem, digamos, peculiar. Eles estavam pesquisando a relação com taxas de açúcar no sangue e agressão no casamento. Para isso, separaram 100 casais que, após responder um questionário reflexivo sobre sua relação , receberam um boneco vodu com 51 alfinetes. Então, lhes foi solicitado que espetassem o de acordo com sua satisfação com o parceiro. O resultado: aqueles que estavam com fome acabaram precisando de mais agulhas. 

    Agora, quando pressentir que sua esposa ou namorada está prestes a “discutir o relacionamento”, certifique-se que vocês estão satisfeitos. Ah, e esconder alfinetes também pode ser uma boa.

     

    Notícia da Revista GQ


    Gostou? Compartilhe

  • 09/08/2015// Por: Camila Pavani

    Quiseram uma aventura e acabaram sem aliança

    rapidinhaleitor21

     

    “Olá meu nome é T. e meu o do meu noivo G. Estamos juntos há 3 anos e meio, morando junto e tudo mais. Mas não gostamos de ficar somente na rotina de transar em casa e no motel, sempre nos divertimos em algum lugar inusitado, já transamos na pista de skate, no campo de futebol, em ruas escuras, casas abandonadas, prédios abandonados, no meu serviço, na casa da minha mãe, na casa da mãe dele, na casa do pai dele, em uma farmácia em construção, enfim, foram muitos lugares! Mas tem uma história que nunca vamos nos esquecer.

    Uma noite estávamos andando de moto e então passamos em uma casa em construção e fomos entrando a pé. Ai começamos a nos beijar, aquilo foi esquentando e começamos a transar. Na hora que ele foi gozar, pegou um pouco na mão dele e ele foi chacoalhar a mão pra limpar. A aliança escorregou e caiu no monte de areia do nosso lado. Puts! Ai ficamos uns 15 minutos procurando né, no escuro. Celulares sem lanterna e não podíamos deixar ali, custou caro.Ppensamos: Vamos embora, amanhã a gente volta e procura.

    No outro dia quando chegamos la tinham vários pedreiros na obra. Olhei pra aquilo e dsse: “Olá viemos procurar a aliança dele que caiu aqui”. O pedreiro esperto já sacou: “Mas como a aliança caiu aqui?”
    Meu noivo deu a desculpa de que foi ali fazer xixi e molhou e a mão a aliança caiu. Todo mundo que estava ali começou a dar muita risada e dizer: “Sei seus safadinhossss.. xixi”. Nós ficamos super envergonhados, achamos a aliança e fomos embora correndo dando muita risada. Eu tinha vontade de enfiar minha cabeça num buraco! Até hoje rimos disso…”


    Gostou? Compartilhe

Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 28 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?