• 12/01/2017// Por: Taty Ferreira

    Saiba a opinião de um ginecologista sobre depilação íntima

    depilacao

     

    Quando o assunto é “pelos pubianos” as opniões são divididas, tanto entre os médicos, como entre as mulheres.

    Há quem prefira tirar tudo e acredita que assim seja mais higiênico, há também quem opte por algo mais “naturalista” e acredita que os pelos servem para proteção. Existe também o meio termo, mulheres que apenas aparam!

    Mas afinal, existe o certo ou o errado?

    Entre os médicos as opniões são muito dividas, os mais conservadores orientam as pacientes a nunca depilar tudo, algumas mulheres, inclusive, referem ter tomado “bronca” de seu ginecologista por conta de terem feito esse tipo de depilação.

    No Brasil há uma cultura pela depilação lisa, sem pelos, que nos EUA ela inclusive recebe o nome de Brazilian Wax.

    Porém, é importante escolher bem a técnica utilizada e analisar o seu tipo de pele. A depilação com cera ou lâminas pode deixar poros abertos, que são porta de entrada para microorganismos, que podem causar infecções na pele como foliculite. Além disso, a depilação causa irritação na pele, o que pode, aos poucos gerar um escurecimento do local!

    Existem cuidados pré e pós depilação, como uma boa higiene do local, produtos calmantes para pele e materiais adequados e limpos.

    Lembre-se, se uma técnica ou aparelho, está irritando sua pele, mude!

    Ok doutor! Mas e a depilação para a saúde da vagina?

    A verdade, é que remover, ou não, os pelos não é sinal de higiene. Ou seja, independente da sua opção os cuidados são os mesmos: Higiene adequada, enxugar bem após o banho, evitar roupas apertadas e protetores diários, consultar o ginecologista regularmente e estar em dia com seus exames!

    Mas verdade seja dita, a higiene fica muito mais fácil sem pelos, ou com os pelos aparados. 

    A base dos pelos possuem glândulas que produzem suor e gordura, para lubrificar a pele, isso facilita a colonização de bactérias.

    Além disso, na época da menstruação os pelos dificultam a limpeza da região, assim como no verão, que é quando o corpo transpira mais.

    Então por que alguns médicos dizem que os pelos são necessários para proteção?

    Todo pelo serve para proteger, na antiguidade os pelos do corpo protegiam do frio, os pelos do rosto protegiam do sol, e os pelos pubianos protegiam as mulheres da entrada de  pequenos insetos na vagina. Mas os tempos mudaram e hoje em dia essa função não é mais necessária, pois existem roupas e condições de higiene melhor, tanto é que na evolução de nossa espécie, alguns pelos começaram a sumir, pois perderam essa função de proteção!

    Assim sendo, não há certo ou errado, muito, pouco ou nenhum pelo, a mulher é livre para escolher a forma que a deixa mais a vontade!

    *Opinião do especialista:

    Não costumo dar opniões pessoais, porém quando o assunto é depilação eu oriento minhas pacientes deixarem pelo menos uma faixa de pelos de aproximadamente 2 cm de altura, o motivo é simples, evita o contato de laminas ou cera direto com a vagina, diminui o atrito direto da vagina com a calcinha ou com o absorvente, mantém a lubrificação natural dos pelos, evita a formação de foliculite na vulva e é mais fácil para manter a higiene.

    Porém repito:

    Não importa como você depila, o mais importante são seus hábitos de higiene e visitas regulares ao ginecologista.

    Cuide-se.

    Por Dr. Bruno Jacob – @DrBrunoJacob

    Cabeca Bruno Jacob


    Gostou? Compartilhe


Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?