• 05/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Ciência comprova: Mulheres falam mais que homens

     

    Pesquisadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, começaram com um teste em ratinhos. Eles mediram a quantidade de choro emitido por filhotes quando são separados da mãe. Nesse caso, os machos choravam bem mais. Os cientistas, então, mataram alguns bichinhos (machos e fêmeas) e compararam o nível da proteína FOXP2, responsável pela articulação de frases (ou sons com algum significado, no caso deles), no cérebro de cada um deles. Como já suspeitavam, a quantidade era muito maior nos cérebros masculinos. Quando bloquearam parte da produção de FOXP2 nos ratinhos vivos, os machos pararam de chorar tanto.

    Aí eles partiram para os cérebros humanos. Mediram a quantidade de FOXP2 em crianças de 4 a 5 anos, mortas em acidentes até 24 horas antes do teste. E, veja só, as menininhas tinham 30% a mais de FOXP2 do que os garotos. É por isso que elas começam a falar mais cedo. E nunca mais param. Dizem os pesquisadores que uma mulher fala, em média, 20 mil palavras por dia, enquanto os homens se contentam com apenas 7 mil palavrinhas.

    Vi na Super.

    ____________________________________________

    E a cura do câncer que é bom, nada. Mas pesquisa óbvia tem o tempo inteiro.


    Gostou? Compartilhe


Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?