• 10/01/2016// Por: Camila Pavani

    Homens têm senso de direção melhor do que as mulheres, mas elas dirigem melhor

    mulher-dirigir

     

    Um dos mitos comuns a respeito das diferenças entre homens e mulheres começa a ser estudado mais a fundo e as primeiras conclusões aparecem. Segundo uma pesquisa recente da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, homens realmente têm melhor senso de direção do que as mulheres, pois utilizam uma parte separada do cérebro para buscarem o melhor caminho. Um outro estudo, feito pela Universidade de Tel-Aviv, complementou essa conclusão.

    Eles chegaram a essa conclusão utilizando scanners cerebrais e dados neurológicos, enquanto os voluntários realizavam testes de direção. E a resposta para a pergunta parece ter vindo logo em seguida: quando mulheres receberam doses de testosterona, o desempenho delas em testes de direção melhorou.

    O teste envolveu 36 pessoas, metade homens e metade mulheres, que receberam óculos de realidade virtual e precisavam se virar para achar direções estipuladas em testes. As linhas nesse diagrama mostram que tipo de caminho cada um deles tomou (linhas vermelhas para homens e azuis para mulheres) .

     

    O teste envolveu 36 pessoas, metade homens e metade mulheres, que receberam óculos de realidade virtual e precisavam se virar para achar direções estipuladas em testes. Eles precisavam resolver os 45 testes em 30 segundos, cada. As linhas nesse diagrama mostram que tipo de caminho cada um deles tomou (linhas vermelhas para homens e azuis para mulheres).

     

    6t1z07u2fi_32jx90iduu_file

     

    Em geral, homens se saíram cerca de 50% melhor que mulheres. Na fase dois, um grupo de 42 mulheres recebeu testosterona — 21 delas gotas genuínas do hormônio na língua e a outra metade uma solução aquosa sem qualquer efeito. Apesar das doses não terem aumentado significativamente o desempenho delas nos testes, elas passaram a utilizar setores do cérebro geralmente usados por homens para se direcionarem.

    O principal motivo para a pesquisa é fato da perda de direção ser um dos primeiros sintomas do Mal de Alzheimer. Os médicos noruegueses, portanto, esperam mapear melhor o cérebro e entender como a doença deteriora as funções da mente. Apesar dos resultados, os cientistas foram rápidos em dizer que cientificamente não existe um conceito definido de cérebros “masculinos e femininos”. Segundo os pesquisadores, há uma série de detalhes específicos em cérebros masculinos e nos femininos.

    Mas eles afirmam que tanto homens quanto mulheres possuem características do sexo oposto em seus cérebros. Dessa forma, é quase impossível existir um cérebro completamente masculino ou feminino, por assim dizer.

     

    Reportagem do R7


    Gostou? Compartilhe


Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?