• 18/04/2016// Por: Camila Pavani

    Perder um amor enfraquece o coração, segundo pesquisa

    20150706-coracao_cansado_cortada

     

     

    Perder um amor pode realmente “partir” seu coração. De acordo com uma pesquisa dinamarquesa publicada no periódico “Open Heart”, as pessoas que vivem a perda do amado tem 41% mais chances de desenvolver fibrilação atrial – condição caracterizada pelo ritmo irregular das batidas do coração.

    Os pesquisadores coletaram dados de mais de 900 mil pessoas – entre os com fibrilação atrial e sem -, por nove anos, e perceberam que a morte do parceiro pode desregular o ritmo do coração por até um ano depois do ocorrido.

    De acordo com o estudo, o risco é maior durante os primeiros quatorze dias do luto, e diminui gradativamente depois desse período. Após um ano da perda do amado, o risco é igual ao de alguém que nunca enfrentou a perda de um amor.

     

    Vi no Delas, lá do IG


    Gostou? Compartilhe


Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?