• 02/06/2016// Por: Camila Pavani

    Acabou a briga: Aliança impede que uma pessoa do casal assista episódios das suas séries preferidas sozinho

    20160531122149_660_420

     

    Casais e amigos que costumam assistir a séries juntos enfrentam uma situação delicada: a necessidade de ver os capítulos ao mesmo tempo. Há quem não aguente a curiosidade e acabe assistindo antes do companheiro, causando discussões acaloradas. Para resolver o problema, a fabricante de sorvetes Cornetto desenvolveu anéis de compromisso que podem acabar essa “traição” na era Netflix.

    Como funciona?
    Os aneis contam com a tecnologia NFC e garantem que um integrante da dupla só esteja assistindo à série na presença do outro. Depois de receber o par de alianças, os usuários baixam um app desenvolvido pela fabricante de sorvetes que permite ao casal escolher seus programas favoritos. Os títulos serão “bloqueados” e só funcionarão mediante a combinação dos dois anéis.

    Segundo a Cornetto, a ideia é promover relacionamentos duradouros. Por esse motivo, o bloqueio do anel dura seis meses. “Queríamos incentivar os adolescentes a assistir sua série favorita juntos, e graças à tecnologia podemos acabar com o comportamento desprezível de assistir a episódios de suas séries favoritas sem o seu parceiro”, explica a companhia. Para garantir o sucesso do projeto, a empresa está negociando parcerias com plataformas de streaming.

    Os interessados na ideia devem se inscrever em um programa para receber os anéis. Ao que tudo indica, as alianças só estarão disponíveis no Reino Unido por hora.

     

    Vi no Olhar Digital


    Gostou? Compartilhe

  • 01/06/2016// Por: Camila Pavani

    Porn Fitness: Site pornô cria programa fitness que promete te deixar sarado

    porn-fitness

     

    Uma coisa é fato: nós nos movemos cada vez menos e comemos cada vez pior. Graças a isso, o mundo está ficando mais gordo (e você também!). Para combater essa epidemia de obesidade, a plataforma de vídeos safadinhos adultos PornHub desenvolveu um programa que permite que qualquer um emagreça comendo – mas não do jeito que você está pensando.

    A ideia é o programa BangFit, uma espécie de jogo sexual online. Para entrar na brincadeira, é preciso acessar o site do game e escolher quantas pessoas irão fazer parte do “exercício”, que está disponível para um, dois ou três jogadores. Depois que selecionar a modalidade de sacanagem que você quer praticar, é só ir para página mobile do app e inserir o código necessário para identificar quem é quem na brincadeira.

    Com uma faixa ajustável ao corpo, que será vendida pela empresa, você pode usar o smartphone para estimar a quantidade de calorias gastas durante a festinha. Por mais bizarra que pareça a ideia, tudo indica que a brincadeira é séria, tanto é que existe até mesmo um guia indicando quantas calorias cada pessoa perde em média em algumas das principais posições sexuais.

    A ideia de gamificar o sexo não deixa de ser uma inovação interessante – difícil mesmo var ser a coisa pegar. No jogo, as pessoas têm que completar diversas posições sexuais e ganhar pontos com isso. Se fizer o movimento certinho você pontua, mas se não… Tudo é medido com o smartphone, através do acelerômetro e giroscópio do aparelho.

    O vídeo explicativo é uma graça de se ver:

     

    Vi no Hypeness


    Gostou? Compartilhe

  • 31/05/2016// Por: Camila Pavani

    A playlist deu uma trolada na fodinha dela

    rapidinhaleitor211

     

    Essa é de ontem e fala da importância de uma boa playlist pra hora do sexo!
    Moro com meu namorado Rafael e já faz um tempinho que as coisas estavam bem mansas entre nós. Mas ontem, aproveitando o feriado. Tomamos algumas Skol Beats do capiroto com vodka e eu já fiquei pensando que mais tarde teria aquele sexo agitado que eu estava aguardando ha semanas. Coloquei o Spotfy pra tocar na lista das mais tocadas da semana (ok, eu já sigo a lista de transantes da Acid, mas sei lá porque cargas d’água eu coloquei nessa maldita playlist que escuto para limpar casa) e fomos pro quarto. E beijo e amasso e mão naquilo e aquilo na mão, eu já estava só de camiseta toda animadinha e eis que de repente começa a tocar uma das músicas que eu considero mais brochantes da atualidade: Infiel. Meu namorado nem se tocou de música e continuou tirando a blusa e me beijando e eu fui fazendo aquela cara de deu ruim! E deu mesmo, ou melhor, não deu…não deu pra continuar!!!.. eu tive uma mistura de riso com ódio mortal da música. Parei tudo e fui pro banheiro sozinha, deixando ele na mão! Depois quando voltei já nem tinha mais clima pra nada. Fomos jantar e depois dormir. Agora se eu já tinha pânico dessa música, imagina agora?! Lição do dia: nada de playlist de mais tocadas porque nem sempre o que mais toca é o que você quer ouvir naquele momento. E se você segue uma playlist de fodinha FODA, porque colocar outra pra ouvir?!

     

    ____________________________________________

    A famosa broxada. Tem alguma história engraçada, frustrante ou embaraçosa e quer contar pra alguém, mas tem vergonha? Manda pra gente! Prometemos não divulgar seu nome.

    O email é blog@acidezfeminina.com.br

     

    Ah, e só pra deixar explicado, a playlist que a Sandra/Carolina/Denise/Fábia tava falando é essa aqui.


    Gostou? Compartilhe

  • 30/05/2016// Por: Camila Pavani

    ONG promove ação para quebrar alguns estereótipos de gênero

    acao-estereotipos

     

    Professoras de uma escola de Londres, na Inglaterra, em parceria com a ONG Inspiring the Future (Inspirando o futuro, em tradução livre) fizeram uma atividade para ensinar crianças a abandonar estereótipos e inspirá-las a pensar no futuro profissional.

    Uma educadora pediu para cada um dos seus alunos desenhar bombeiros, cirurgiões e pilotos de avião. No vídeo, as crianças aparecem dando nomes para os profissionais que elas desenharam, listando as ferramentas de trabalho deles e contando como imaginam que são essas pessoas.

    O resultado foram 61 desenhos representando homens nestas profissões e apenas 5 mostrando mulheres como pilotos, bombeiros ou cirurgiãs.

     

    Estereótipos de gênero

    No total, foram feitos 66 desenhos, destes, apenas 5 tinham mulheres desenhadas. Depois de terminarem a atividade, a professora pergunta para os alunos se eles gostariam de conhecer aqueles profissionais que eles desenharam.

    Eles dizem que sim e entram três mulheres: uma bombeira, uma cirurgiã e uma pilota. A pilota e a bombeira aparecem usando capacetes e quando tiram, é possível ver a cara de espanto das crianças.

    Uma das crianças, inclusive, não acredita e diz que elas estão fantasiadas. Tamsem é cirurgiã no Sistema Nacional de Saúde, Lauren é pilota na Força Aérea Real e Lacey trabalha como bombeira na Brigada de Incêndio de Londres.

    Vale lembrar que os nomes dados às profissões em inglês não tem gênero (diferente do que acontece no nosso idioma), portanto, não seria possível justificar que os pequenos foram influenciados pelo gênero da própria palavra.

     

    Futuro profissional

    A gravação feita pela ONG Inspiring the Future foi feito para exemplificar um dado importante: estereótipos são definidos entre os 5 e 7 anos de idade.

    O objetivo da ONG é conseguir que profissionais reservem uma hora por ano para encontrar e falar com jovens sobre carreira, educação e os caminhos que trilharam até conseguir chegar onde estão hoje e, desta forma, inspirá-los.

    O trabalho realizado pela instituição é de unir estes profissionais voluntários a professores para ajudar as crianças a fazerem conexões entre o que estão aprendendo e o futuro delas.

     

    Assista ao vídeo na íntegra:

     

    Fonte: Bolsa de Mulher e Hypeness


    Gostou? Compartilhe

  • 28/05/2016// Por: Camila Pavani

    Crise de riso com o boy

    rapidinhaleitor211

    “Podem de chamar de D., eu era bem nova quando mudei de cidade pra fazer faculdade. A cidade linda, maravilhosa e eu a todo pique por conta de boys novos.
    Conheci o que eu achava ser o cara perfeito pra mim, mas tinha um problema, o pinto dele era meus cinco dedos juntos e fechados.
    Não deixei isso desanimar, eu queria perder a virgindade com ele e pensei que tamanho não era documento.

    Na hora H no maior clima eu vou pra cima dele e começo, mas eu não sentia absolutamente nada, tentei mudar de posição e deitei de lado pra ver se melhorava. Ahh pra que, o pinto dele era tão curto que não alcançou nada.

    Eu comecei a rir e não consegui parar.

    Por fim desisti e fomos jogar gartic. E o pior de tudo é que eu tinha aula com ele e toda vez que olhava, lembrava dessa cena horrível e ria.”

     

    __________________________________________________________

    Conta sua história pra gente também! É só enviar um email pra blog@acidezfeminina.com.br.


    Gostou? Compartilhe

  • 27/05/2016// Por: Camila Pavani

    9 habilidades incrivelmente úteis que pessoas que usam sutiãs precisam dominar

    1. Ajeitar seu sutiã disfarçadamente sem que ninguém perceba.

    sutia1

     

    2. Utilizar seu sutiã para armazenamento extra.

    sutia2

    3. Tirar o sutiã sem precisar tirar a blusa.

    sutia3

    4. Esse truque se torna ainda mais impressionante quando você faz com uma mão só.

    sutia4

    5. Conseguir manter a famosa cara de paisagem quando o aro do sutiã escapa e começa a triturar sua pele.

    sutia5

    6. Conseguir tirar o sutiã esportivo que você usa na academia enquanto você está toda suada.

    sutia6

    7. Conseguir usar um sutiã multiponto de uma forma que esteja ao menos vagamente próxima do correto.

    sutia7

    8. Aprender a improvisar quando a alça arrebenta.

    sutia8

    9. E descobrir qual é o seu tamanho em diferentes marcas pelo cansativo método de tentativa e erro.

    sutia9

     

     

    Lá do BuzzFeed, claro!


    Gostou? Compartilhe

  • 26/05/2016// Por: Camila Pavani

    Casais que bebem juntos têm menos problemas

    5658876235_baa36cb792_b

     

    Olhem aí, casais fofos: o dia dos namorados está chegando e vocês podem brindar ao amor uma, duas, três vezes, sem medo. A dica é de um estudo lá dos EUA.

    “Beber juntos, em vez de separados, é claramente positivo para o relacionamento. Indivíduos que bebem com o parceiro têm níveis mais altos de intimidade e menos desentendimentos no dia seguinte, em comparação aos indivíduos que bebem sem a companhia do parceiro”, diz o psicólogo Ash Levitt, líder da pesquisa, “ou que simplesmente não bebem“.

    O que? Sério? Pois é. De acordo com o estudo, casais que bebem juntos se dão melhor até do que casais abstêmios.

    Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram o comportamento de 69 casais heterossexuais, todos bem jovens, na casa dos 20 anos.

    Não que eles encham a cara a valer diariamente e fique tudo bem, claro. Em todos os casais voluntários, os resultados positivos estavam associados a níveis relativamente baixos de bebedeira – de um a três drinks. Passando disso, a coisa pode ficar perigosa, seja você casado, solteiro, viúvo, enrolado, pegador, assexuado…

     

    Coisa do Ciência Maluca


    Gostou? Compartilhe

  • 18/05/2016// Por: Taty Ferreira

    Linha de lingerie – Taty Ferreira para Let it Be Intimate

    Há muito tempo que quero escolher peças de lingerie no meu gosto para que as mulheres se sintam ainda mais lindas. Conheci a Let it Be Intimate e fiquei apaixonada com as peças que elas produzem e pra minha sorte elas toparam fazer essa parceria comigo.

    São poucas peças, 5, dois conjuntos de calcinha e sutiã (que você pode comprar separadamente) e um body estupendo!

    A renda é maravilhosa, daquelas de boa qualidade que não embolam e nem marcam o corpo da gente, as cores são sensacionais, só cor linda, elegante, daquelas que faz a gente se olhar no espelho e entrar naquele narcisismo gostoso, sabe?!

    Tenho certeza que vocês irão amar! É, inclusive, um ótimo presente de Dia dos Namorados, aproveita e mostra o post pro mozão dando uma indiretinha. Pra quem não tem namorado é melhor ainda, porque você pode se presentear e se sentir ainda mais maravilhosa.

    CLICA AQUI ou nas fotos para ver mais!

     

    Taty_LetItBe1

    Taty_LetItBe2

    Taty_LetItBe3

     

     


    Gostou? Compartilhe

  • 18/05/2016// Por: Camila Pavani

    34 coisas sobre a relação dos brasileiros com o pornô que você provavelmente não sabia

    sasha-grey-porno-brasileiros

     

    1. Realmente no Brasil o Carnaval é sagrado: durante a data, o site de vídeos pornôs RedTube tem uma queda de até 17% na audiência.
    2. No Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Espírito Santo, a queda de audiência no site é de, respectivamente, 19%, 18% e 17% durante o Carnaval.
    3. As mulheres brasileiras curtem mais pornô do que as do resto do mundo. Segundo o RedTube, elas são 33% da audiência, 8% a mais do que a média mundial.
    4. Também somos acima da média quando o assunto é ver pornô no telefone: 65% dos brasileiros assistem pornô do celular, 15% a mais que o restante do mundo.
    5. Já 30% usam o bom e velho desktop e só 5% aproveitam o tablet para ver vídeos pornôs.
    6. Manaus é a campeã de assistir pornô pelo celular: 75% dos manauaras preferem ver os vídeos na telinha.
    7. E se analisarmos o restante do mundo, a gente também ganha em tempo médio: ficamos 31 segundo a mais que a média mundial.
    8. Ah, e o tempo médio de visita dos brasileiros é de 9 minutos e 6 segundos por visita.
    9. Segundo o Alexa, um serviço que faz um levantamento de acessos em sites no mundo todo, o 20º site mais acessado no Brasil é agregador de vídeos pornôs XVideos, na frente de sites como o da Fazenda (usado para declaração do Imposto de Renda), Correios, Banco Itaú e até redes sociais como Tumblr.
    10. Segunda-feira é o dia oficial do pornô, quando o site atinge seu pico de audiência.
    11. Já o sábado é o dia menos popular para assistir a filmes eróticos.
    12. Falando em mês, janeiro é o campeão.
    13. Já durante o mês de junho é quando as pessoas menos buscam filmes pornôs.
    14. E o horário em que os brasileiros mais acessam o RedTube é das 22h às 1h.
    15. As cinco categorias mais buscadas são: Lesbian (lésbicas), Anal, Teen (adolescentes), Mature (maduros) e Shemale (travesti).
    16. Nós visitamos 89% a mais a categoria Shemale (travesti) do que o restante do mundo. Também vemos muito mais as sessões latina (+75%), anal (+33%) e dupla penetração (+12%).
    17. Já os cinco termos de busca mais usados são: Brasil, brasileira, lésbicas e “putinha brasileira”.
    18. Os termos mais curiosos são hentai (9º) e panteras (23º), que é o equivalente ao termo “cougar”, que segundo a pesquisa do RedTube significa “mulher madura, sedutora e voluptosa”.
    19. A atriz pornô brasileira Julia Paes é a campeã de busca de astros pornôs no Redtube, em segundo lugar está a americana Alexis Texas e em terceiro a libanesa Mia Khalifa.
    20. Dos 24 astros e estrelas pornôs mais buscados no Brasil, só dois são homens: o brasileiro Kid Bengala, em sétima posição, e o americano Mandigo, em 17º lugar.
    21. Já em 2015, o primeiro lugar no ranking de astros pornôs foi o Kid Bengala, seguido pela Mia Khalifa e, em terceiro lugar, a brasileira Marcia Imperator.
    22. A faixa etária que mais assiste pornô no Brasil é a de 18 a 21 anos, e soma 43% do total. No mundo, esse público soma 27% da audiência.
    23. Em compensação, o público brasileiro para de assistir pornô mais cedo: no Brasil, os usuários com mais de 45 anos somam 15%, já no mundo, 29% do total de visitantes.
    24. A data campeã de queda de audiência é a noite do ano novo, quando 58% do público deixa de assistir vídeos eróticos. Em seguida a noite de Natal (-57%), primeiro dia do ano (-34%), dia de Natal (-28%) e a Sexta-Feira Santa (-17%).
    25. Segundo o levantamento de 2015 do PornoHub, a pesquisa por “Hentai 3D” cresceu 700% no Brasil.
    26. Em 2015, os termos Pokemon e Scooby Doo, aumentaram, respectivamente, 157% e 134%.
    27. Em 2015, 410 mil pessoas assinavam canais adultos de TV paga.
    28. Só em 2015, a Playboy do Brasil, que soma 10 canais adultos em VOD (Video On Demand), vendeu 4,5 milhões de filmes.
    29. No Brasil, para se candidatar à vaga de atriz/ator pornô, é preciso enviar currículo por e-mail. As atrizes normalmente têm entre 20 e 30 anos.
    30. Em geral, a segunda etapa é presencial e é preciso responder a um questionário com aproximadamente 15 perguntas, que vão desde conhecimento da família sobre a intenção de trabalhar com pornografia até se contam com cicatrizes pelo corpo.
    31. Segundo a “Brasileirinhas”, uma das produtoras de vídeos eróticos mais conhecidas do Brasil, a maioria dos que tentam seguir carreira são homens: são 50 e-mails com currículos deles a cada dez delas.
    32. 90% dos homens que conseguem um teste para fazer uma cena acabam não conseguindo terminar a cena. Segundo a “Brasileirinhas”, os diferenciais para contratação deles é ejacular muito e o tamanho do pênis.
    33. A faixa etária dos atores pornôs é de 30 a 42 anos e, segundo os produtores da “Brasileirinha”, todos tomam medicamentos para potencializar a ereção.
    34. A média de salário para 95% das atrizes é R$ 3.000 por filme; já a dos atores, R$ 500 por produção.

     

     

    Lá do BuzzFeed


    Gostou? Compartilhe

  • 17/05/2016// Por: Camila Pavani

    Homem adquire “deformidade da berinjela” após sexo selvagem

    20160516103618pj9T3eGJl4

     

    Um homem de 32 anos fraturou seriamente seu pênis durante “sexo selvagem” com sua parceira em Nova Déli, capital da Índia. O caso aconteceu no dia 1º de maio.

    Ao chegar ao hospital, seu pênis havia escurecido e inchado. Os médicos diagnosticaram o ferimento como “deformidade da berinjela”, causada quando um dos dois tubos conhecidos como corpo cavernoso – responsáveis pela ereção – é quebrado, fazendo o sangue se espalhar por toda a região peniana.

    “Esse tipo de fratura ocorre quando um pênis ereto sofre um trauma interno durante a relação sexual que o faz dobrar, causando uma ruptura da túnica albugínea”, informou um dos doutores que atendeu o caso, relatado no jornal médico “BMJ”.

    O sangue foi drenado e o paciente passa bem.

     

    Vi no Rede TV!


    Gostou? Compartilhe

Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 28 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?