• 29/01/2015// Por: Camila Pavani

    O isqueiro mini BIC

    rapidinhaleitor2

    Leio e as vezes chego a chorar de rir com as historias das meninas e então resolvi contar a minha.

    Quando mais nova, tinha um namorado daqueles jogadores de Tibia, rock ‘n roll, headbangers, cabeludo. Mas era aquela fase que a menina passa dos 15 para os 18 e muda muito tudo o que gosta e sente ate virar uma mulher.

    Eu como sempre tenho uma tremenda facilidade em me entrosar com as pessoas tinha também com os amigos do meu namorado.

    E tinha um… Especialmente um. Com um sorriso lindo, de falar muita besteira, de deixar qualquer mulher louca. Pelo menos era o que ele dizia de si mesmo. E como meu relacionamento já não estava aquilo tudo, resolvi dar corda pra ver onde íamos chegar.

    Conversa vai e vem, sai com o rapaz. Saímos, bebi umas cervejas lá outras cá, depois saímos e tequila e dose e só alegria. Transamos. Não me lembro muito bem dele, mas posso quase jurar que ele estava transando com as minhas costas. Porque não estava dentro de mim.  Mas ate ai OK, ne? Bêbada a gente não julga muito o quesito masculino que tava mais pra trágico do que para qualquer outra coisa!

    Resolvi uma semana mais tarde repetir a dose, mas sem beber.

    Saímos de novo e dessa vez fomos a uma festa GLS bebi, mas moderadamente e então beleza, pagamos, fomos embora e começou a situação triste…

    Ele tava de moto e estava chovendo, a gasolina acabou. Andamos ate o posto (eu de salto) pra abastecer, e ele me levou em um motel XEXELENTO!!! Dai pega lá pega cá, senti que tinha alguma coisa errada com ele. Mas ok, continuei deixando rolar ne. Então para minha surpresa, quando ele estava sem roupa, eu olhei e vi coisas que não deveriam ser desvistas! Não sabia se eu ria, se chorava, se saía gritando ou se apoiava ele. Fiquei em choque!

    Sabe aquele isqueiro, o mini BIC? Era daquele tamanho!!!!!! E ele ainda me disse:

    -É pequeno mas faz cosquinha gata, hehehe, VERY NICE.

    Very nice? Naquela situação?

    Enfim, como era de se imaginar, não consegui.

    E ainda contei pra todos os amigos dele que ele era o mini BIC e não o comedor das galaxias. O apelido pegou e após 4 anos ainda damos risada dessa situação toda.


    Gostou? Compartilhe


Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?