Patrocinado
cabecalho grande 970x90

Ciência também é coisa de mulher!

whatsapp image 2022 02 10 at 20.41.00 (1)
de |
whatsapp image 2022 02 10 at 20.41.00 1
whatsapp image 2022 02 10 at 20.41.00 1

Mulheres na Ciência

Você sabia que apenas 30% dos cientistas no mundo são mulheres? O dado revelado pela Unesco mostra que, apesar dos diversos avanços nas políticas públicas voltadas para a igualdade e equidade de gênero, as oportunidades ainda são bem diferentes, principalmente na pesquisa.

O fato do número de mulheres ser menor que o de homens nada tem a ver com a capacidade cognitiva ou qualidade de trabalho feminino, muito pelo contrário, mesmo no cenário desigual a história da ciência humana é repleta de nomes de mulheres pesquisadoras que inventaram, estudaram e descobriram sobre aspectos altamente importantes nos vários campos da vida.

Pensando em incentivar e promover a participação de mulheres na área, foi declarado no dia 11 de fevereiro o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência! Uma data voltada também para celebrar as cientistas incríveis que contribuem, e muito, para as descobertas no mundo.

Por isso vamos conhecer hoje algumas mulheres que atuam em estudos importantíssimos da atualidade!!

Algumas cientistas:

Marcelle Soares-Santos: Vamos começar com uma cientista brasileira! A astrofísica de 37 anos se formou na Universidade Federal do Espírito Santos (Ufes) e é a pesquisadora principal do Fermilab, um dos mais importantes centros de investigação sobre física de partículas do mundo. Ela foi a única brasileira entre os 16 líderes que coordenam a pesquisa e já participou da criação de um dos maiores detectores de luz já feitos.
Ela ainda dá aula na Universidade Brandeis, em Boston, e em 2020 foi escolhida como uma das melhores jovens cientistas na atualidade.

whatsapp image 2022 02 10 at 16.18.00

Françoise Barré-Sinoussi: A pesquisadora fez parte da descoberta do vírus do HIV como causa da AIDS. Se hoje as pessoas que possuem o vírus podem ter uma vida longa e normal, muito é graças à descoberta da cientista! O feito rendeu à pesquisadora o Prêmio Nobel em Fisiologia e Medicina.

whatsapp image 2022 02 10 at 16.18.00 1 1

Sabrina Pasterski: A física norte-americana é considerada pela Universidade de Harvard como o Einstein desta geração. Com pesquisa em física experimental de altas energias, especialmente buracos negros e gravidade, Sabrina se formou em física no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), se tornando a primeira mulher em duas décadas a estar entre as melhores da turma. Aos 14 anos projetou e fez alterações em um monomotor por conta própria e se tornou a pessoa mais jovem do mundo a pilotar um avião, aos 16 anos.

whatsapp image 2022 02 10 at 16.18.00 3

Tiera Fletcher: A engenheira aeroespacial de 25 anos, que já trabalhou no Sistema de lançamento espacial na NASA, está prestes a enviar humanos para Marte. Em sua área de atuação, está se destacando e fazendo seu nome em um campo que é majoritariamente dominado por homens. Ela recebeu o Prêmio Albert G. Hill do MIT por altos padrões acadêmicos e esforço para melhorar a qualidade de vida das minorias. Em sua trajetória mostra ainda às jovens pesquisadoras como ultrapassar limites e serve de inspiração para meninas e mulheres ao redor do mundo.

whatsapp image 2022 02 10 at 16.18.00 2 1

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.