Patrocinado
cabecalho grande 970x90

Como conversar com seus filhos sobre a primeira vez

como conversar com seus filhos sobre a primeira vez
de |

Para a maioria das pessoas, a primeira vez no sexo é desconfortável, incrivelmente não-prazerosa e, geralmente constrangedora.

Mas só porque a maioria das histórias de sexo pela primeira vez são bastante desconfortáveis e terríveis não significa que elas têm de ser assim. Isso melhora muito quando você tem a devida orientação e educação sexual de antemão. Caso em questão: este pai impressionante, que recentemente postou no Reddit sobre seu surpreendente conselho de sexo para seu filho de 13 anos e filha de 15.

Na postagem, o homem não se identificou, mas dividiu em quatro partes o conselho sobre a primeira vez:

Você está pronto para o sexo se, e somente se, você é:

1) maduro o suficiente para falar sobre isso… Se eles não estão maduros o suficiente para falar comigo ou a sua mãe sobre isso, eles não estão prontos.

2) maduro o suficiente para esperar até que desenvolvam plena confiança em seus parceiros… Começar devagar e trabalhar o seu caminho de mãos dadas e conversando, beijando, etc. Isso lhe dá tempo para realmente conhecer a outra pessoa, a confiança e uma medida de afeto real e não apenas paixão e tesão (E não me interpretem mal… Eu não estou colocando de lado o tesão… Mas apenas não é a melhor emoção para as decisões na vida).

3) maduro o suficiente para entender a necessidade de usar preservativos.

O quarto e talvez o mais prático conselho? Ele disse a seus filhos “Não tenham relações sexuais em lugares assustadores como escadarias da escola ou atrás do ginásio. Eles têm quartos com portas que fecham e os “amigos” serão muito bem-vindos para ficar para o café da manhã.”

Prendam esse homem por roubo, porque ele roubou nossos corações oficialmente.

Há algo de muito errado com a educação sexual: Em um e-mail para Mic, o pai (que prefere permanecer anônimo pelos filhos) disse que se inspirou para escrever o post depois de conversar com seu filho sobre o seu programa de escola de educação sexual. Até recentemente, ele disse, ele e sua esposa acreditavam que o sistema escolar era “bastante progressista” e que estava ensinando tudo sobre educação sexual. Mas não era bem assim.

“Descobrimos do meu filho que a sua ideia de educação sexual foi: 1) o pênis de um homem vai para a vagina de uma mulher para fazer um bebê, 2) É muito perigoso e se você fazê-lo demais ou muito em breve você vai morrer e 3) Não faça isso.

O pai disse que ele tinha criado seus filhos sob o modelo de educação que ensina aos jovens não só a importância do sexo seguro, mas também como o sexo e os relacionamentos podem desempenhar um papel crucial (para não mencionar agradável) no desenvolvimento social.

Fonte: Mic.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.