Patrocinado
cabecalho grande 970x90

Ele não quer namoro e ela quer ele de volta

de |

Ele não quer namoro e ela quer ele de volta Acidez Feminina Taty Ferreira

“Então, há pouco tempo, cerca de 2 meses atrás, eu tinha um namorado, já fazia 1 ano que estávamos juntos, descobri que ele me traiu, terminei tudo. E 5 dias depois conheci um cara, saímos, conversamos e ficamos. No começo não queria nada sério com ele, mas depois de 3 dias que estávamos ficando ele chegou e disse que queria algo sério comigo, que gostava de mim e tal, fiquei muito confusa pois fazia pouquíssimo tempo q havia deixado meu ex namorado, mas levei a diante o compromisso com ele. Passou um tempo e estava tudo tão lindo e maravilhoso, ele simplesmente chegou pra mim e disse que não estava preparado para namorar, que não sabia se era isso que ele queria. Fiquei muito nervosa, pois já tinha me entregado à ele, pois ele era tão carinhoso, querido, fofo, lindo, um amor.. Gostei do jeito dele, mas aí ele chega e fala que não quer mais, mas quer a minha amizade. O pior de tudo, é que, fazemos faculdade juntos, então, vejo ele todos os dias, ele senta do meu lado e conversamos sempre, como isso foi muito recente, não consigo olhar para ele como um amigo, gosto muito dele e queria ele de volta, o que eu faço Acid?”

________________________________________

Olha Karen, tem duas coisas que ficam muito claras pra mim no seu email, primeiro é, o que vou chamar aqui de, imaturidade. Emendar um relacionamento no outro sempre deu errado. Se você não tem certeza que quer namorar diga que prefere esperar mais um tempo, se o cara realmente quiser você ele vai entender e te dar esse tempo. Me parece que você estava carente porque tinha se frustrado com o antigo namorado e foi “atropelando” as coisas.

A segunda coisa é uma coisa que acontece com toda e qualquer pessoa, ninguém gosta de ser o rejeitado, todos nós preferimos o papel de rejeitar e quando somos rejeitados não importa se achamos que aquilo é o certo pra gente, se é o que realmente queremos e precisamos no momento, mas vamos sempre querer ir atrás do que nos rejeitou para “provar” que somos bons o suficiente.

E ninguém dá valor em gente rejeitada que fica implorando para não ser rejeitada.

Ou seja, rejeição é uma bosta, mais bosta mais é aprender a conviver com ela, mas a partir do momento que aprendemos a viver com isso nossa vida fica mais fácil e dai vem a tal maturidade.

PS: Sim, voltei a responder os emails eu mesma. Bipolar, eu? Talvez, mas me contem ai nos comentários o que vocês acham da história da Karen e o que vocês acham de eu ter voltado a responder.

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.