Patrocinado
cabecalho grande 970x90

Estudante recria perfis do Tinder dos caras com que saiu e manda a real sobre eles

estudante recria perfis do tinder dos caras com que saiu e manda a real sobre eles
de |

Quem nunca se decepcionou com aquele boy do Tinder que a descrição do perfil prometia mundos e fundos, mas ao vivo a coisa era bemmm diferente do anunciado. Cansada desse tipo de coisa, uma estudante de publicidade belga chamada Nathalie Lepaffe, de 24 anos, resolveu criar o Honest Profile, um projeto pra jogar a real: ela começou a reescrever as descrições de cada pretendente do aplicativo com o qual ela já tinha saído.

Segundo o Daily Mail, a moça, que faz estágio numa agência de publicidade de Nova York, contou que o projeto também foi feito como parte de um trabalho para uma de suas disciplinas do curso. “Descobri que escrever os perfis sinceros após os encontros foi um bom jeito de perceber o que não gostei nos paqueras e o que provavelmente se tornaria um problema no futuro”, explica.

Para um deles, que se descreve como “alto, moreno e legal”, Nathalie reescreveu “Legal, legal e legal (e alto).” E completou: “Tudo o que sai da minha boca parece um pedido de desculpas. Você pode se assustar por me fazer chorar só por pedir para passar o sal”.

Para manter as identidades preservadas, a estudante cobre todos os nomes e olhos das fotos originais. Outro homem com quem saiu, que ganhou o apelido de “O burro”, recebeu uma descrição ainda mais pejorativa. “Não tão interessante, mas moro numa boa cobertura. Amo viajar no primeiro encontro, principalmente para o bar ao lado da minha casa. Sou esportista, especialista em golfe. Em natação também, então você terá que usar muito seu corpo. A propósito, não se esqueça de olhar para o meu, sim esse dividido por esse cinto caro. Como o do Homem de Ferro [sic]”, escreveu a jovem.

Outro rapaz, que aparece na foto acima do perfil sem camisa, é descrito por Nathalie como “muito bizarro” para um segundo encontro. Enquanto o perfil original traz a sugestiva frase “Hmmm, onde vamos depois?”, a versão da estudante foi um tanto quanto decepcionante.

“Viciado em coisas estranhas. Você vai precisar do Google para entender sobre o que estou falando (busque sexo com caixa eletrônico). Este abdominal provavelmente não é meu, mas você nunca vai saber porque vai decidir antes de me encontrar que sou muito bizarro.”

A estudante diz que ainda não sabe se algum dos ex-ficantes já viu seus perfis reescritos, mas acredita que, exceto pelo “burro” e o “bizarro”, os demais levarão na brincadeira. A futura publicitária também diz que começou a incentivar outros usuários do aplicativo a mandarem seus próprios “perfis sinceros”. “É complicado sair com muitas pessoas toda semana”, diz.

Lá do Vírgula

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.