• 11/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Saiba porque cerveja faz bem para saúde da mulher

    Saiba porque cerveja faz bem para saúde da mulher Acidez Feminina Taty Ferreira

    Ano a ano, a cerveja tem conquistado espaço no público feminino e em torno de 58% das mulheres já declaram preferência pela bebida, segundo pesquisas. Um dado interessante é que o consumo pela grande maioria (63%) delas tende a ser de forma moderada, isto é, ingerindo não mais do que duas latas por ocasião.

    Com um teor alcoólico considerado baixo, entre 3 e 8%, a cerveja é uma bebida fermentada, produzida com ingredientes naturais como cevada e lúpulo e possui de 15 a 35% de compostos fenólicos, substâncias com potencial antioxidante que protegem o organismo dos radicais livres. Ao longo das últimas décadas, diversos estudos têm demonstrado que o consumo moderado de cerveja pode ser benéfico à saúde. Quando se fala em saúde da mulher, os benefícios observados com maior destaque são os relacionados à saúde cardiovascular, estendendo-se em menor escala para o controle do peso corporal, manutenção da saúde óssea e até para o envelhecimento de forma mais proveitosa.

    Para o professor doutor em ciências biológicas pela UFRJ Fredson Costa Serejo, os benefícios são os mesmos para todas as idades, porém destaca-se o período da menopausa, principalmente no que diz respeito à saúde óssea.

    — Nesta fase ocorre uma diminuição importante dos níveis de estrogênio, o que pode prejudicar a densidade mineral óssea, tornando-os mais frágeis. Tanto o malte quanto o lúpulo da cerveja são fontes de polifenóis que durante a fermentação produzem subprodutos dentre os quais os flavonóides, poderosos antioxidantes. Estes atuam prevenindo processos anti-inflamatórios e tem um poderoso efeito estrogênico que protege a massa óssea no período pós-menopausa — explica o especialista.

    Os estrogênios são hormônios sexuais femininos envolvidos em diversas funções corporais. Estudos epidemiológicos demonstram que o risco de doenças cardiovasculares é maior em mulheres na fase de pós-menopausa, possivelmente porque os estrogênios participam do controle dos níveis de colesterol e da regulação da pressão arterial. Observou-se que o consumo diário de uma lata de cerveja ao longo de um mês poderia aumentar o colesterol HDL (colesterol bom) em mulheres, o que previne a deposição de placas de gordura nos vasos, além de favorecer o transporte do colesterol em excesso para o fígado, para que seja removido do organismo. Do mesmo modo, detectou-se que tal quantidade de cerveja seria capaz de reduzir os níveis de fibrinogênio, uma proteína envolvida na coagulação do sangue, em 80% dos indivíduos estudados, considerando que os altos níveis desta substância estão relacionados com a formação de coágulos que podem entupir os vasos sanguíneos. Segundo um estudo realizado com 6.793 indivíduos em três países europeus, quem consome doses moderadas de cerveja ainda apresenta menores níveis sanguíneos de alguns marcadores de inflamação, os quais quando aumentados, indicam maior risco de eventos cardiovasculares.

    A cerveja possui uma combinação de fatores nutricionais e antioxidantes, além da baixa concentração de álcool, que promovem a redução do risco do desenvolvimento de aterosclerose e infarto, assim como parece estar envolvida na proteção de doenças neurodegenerativas. Nutricionalmente destacam-se as vitaminas do complexo B, em especial a niacina, envolvida no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, que auxiliam no metabolismo energético do organismo — afirma o doutor Fredson.

    O consumo moderado de cerveja seria também capaz de estimular a produção de um hormônio no tecido adiposo chamado adiponectina, que atua no metabolismo de gorduras. Níveis elevados desse hormônio estão associados com menor risco de doenças cardiovasculares e no melhor controle do peso corporal. O acompanhamento indicou que a ingestão diária de uma ou duas latas de cerveja por mulheres na pré-menopausa resultou em aumento dos níveis de adiponectina em torno de 8% após três semanas de consumo regular.

    Com relação à saúde óssea, a cerveja é considerada fonte de silício, mineral que tem sido fortemente associado à redução da perda de massa óssea na fase de pós-menopausa, uma vez que está envolvido nos processos de produção de colágeno, componente fundamental dos ossos. A cerveja possui fitoestrógenos, que têm o potencial de mimetizar algumas das ações benéficas dos estrogênios naturais, como a renovação da estrutura óssea. Estudos que avaliaram a densidade de massa óssea de mulheres em pós-menopausa têm evidenciado resultados positivos quanto ao consumo moderado de cerveja e proteção contra a osteoporose nessa fase da vida.

    O consumo dessa bebida leve e refrescante, cada vez mais apreciada pelo público feminino, pode trazer múltiplos benefícios à saúde da mulher quando consumida de forma moderada, sem esquecer-se da importância dos hábitos de vida saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos.

    Notícia de A Notícia

    ______________________________________

    Agora sabendo que além de fazer bem para a pele e o cabelo a cerveja faz bem para a saúde em geral vou ali reabastecer a geladeira.


    Gostou? Compartilhe

  • 11/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Ela menstruou em cima do cara

    A Letícia vacilou e veio contar a  história pra a gente.

    Ela menstruou em cima do cara Acidez Feminina Taty Ferreira

    Bom, tudo começou numa tarde quente. Eu e meu ex namorado estávamos sozinhos na minha casa, e ai começamos a ver um filme, de repente as roupas começaram a diminuir nossos corpos e já estava aquela loucura, acho que até assustamos os vizinhos 😛

    No meio do processo senti uma dor estranha no meio do rala e rola e pedi pra ele parar. OMG, quando vi eu estava me acabando em sangue, que vergonha tinha menstruado em cima do cara. Ainda por cima, para ajudar, bem na hora o telefone tocou, eu levantei correndo da cama, pingando sangue até a sala, o pior foi que quando levantei começou a sair ar da minha amiga ensangüentada, ai imagina, sangue, pum pela vagina e eu lá de pé atendendo o telefone.

    Bom, nem preciso dizer que meu quarto e o caminho até a sala ficou parecendo uma cena de crime, assim como o coitado do meu ex.

    Mas no fim rimos juntos do acontecimento e depois dormimos.”


    Gostou? Compartilhe

  • 08/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Se as mulheres realmente soubessem…

    Se as mulheres realmente soubessem... Acidez Feminina Taty Ferreira


    Gostou? Compartilhe

  • 08/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Feliz dia das mulheres!

    Feliz dia das mulheres! Acidez Feminina Taty Ferreira

    Feliz dia das mulheres! Acidez Feminina Taty Ferreira

    Feliz dia das mulheres! Acidez Feminina Taty Ferreira

    Feliz dia das mulheres! Acidez Feminina Taty Ferreira

    Feliz dia das mulheres! Acidez Feminina Taty Ferreira


    Gostou? Compartilhe

  • 07/03/2013// Por: Taty Ferreira

    O namorado da Camila não dá no couro

    Camila tá com um probleminha e quer que vocês a ajudem a resolver a questão. Bom, você já sabem o que fazer…

    O namorado da Camila não dá no couro Acidez Feminina Taty Ferreira

    Olá, acid.

    Sou “Camila”, namoro há quase 5 anos, meu namorado faz o tipo nerd e eu já sou mais solta.

    Sempre o respeitei e nos damos bem, o único problema é que ele prefere jogar a transar comigo.

    As vezes eu o respeito, mas as vezes a gente quebra o pau pelo fato de que eu quero dar e ele jogar.

    Nem chupar ele deixa quando esta jogando. No começo tinha bastante sexo, mas agora eu fico na mão.

    Minhas maiores fantasias são ménage e ir a uma casa de swing. Sempre chamei e pedi pra ele, mas ele nunca aceitou. Mesmo eu dizendo que ele poderia chamar a mulher que quisesse.

    Tenho vontade de ir  sozinha, mas gostaria mesmo de compartilhar isso com ele.

    Ultimamente isso está afetando demais nosso namoro, tem vezes que fico semanas na casa dele e nada de sexo.

    Já perguntei se ele tinha outra ou se era algo que tinha feito, e ele sempre nega. Ele não sai muito de casa e eu to sempre comprando acessórios pra nós e nada.

    Me dá uma luz?”


    Gostou? Compartilhe

  • 06/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Quer te comer mas não sabe como falar

    Quer te comer mas não sabe como falar Acidez Feminina Taty Ferreira


    Gostou? Compartilhe

  • 05/03/2013// Por: Taty Ferreira

    Ciência comprova: Mulheres falam mais que homens

    Ciência comprova: Mulheres falam mais que homens Acidez Feminina Taty Ferreira

    Pesquisadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, começaram com um teste em ratinhos. Eles mediram a quantidade de choro emitido por filhotes quando são separados da mãe. Nesse caso, os machos choravam bem mais. Os cientistas, então, mataram alguns bichinhos (machos e fêmeas) e compararam o nível da proteína FOXP2, responsável pela articulação de frases (ou sons com algum significado, no caso deles), no cérebro de cada um deles. Como já suspeitavam, a quantidade era muito maior nos cérebros masculinos. Quando bloquearam parte da produção de FOXP2 nos ratinhos vivos, os machos pararam de chorar tanto.

    Aí eles partiram para os cérebros humanos. Mediram a quantidade de FOXP2 em crianças de 4 a 5 anos, mortas em acidentes até 24 horas antes do teste. E, veja só, as menininhas tinham 30% a mais de FOXP2 do que os garotos. É por isso que elas começam a falar mais cedo. E nunca mais param. Dizem os pesquisadores que uma mulher fala, em média, 20 mil palavras por dia, enquanto os homens se contentam com apenas 7 mil palavrinhas.

    Vi na Super.

    ____________________________________________

    E a cura do câncer que é bom, nada. Mas pesquisa óbvia tem o tempo inteiro.


    Gostou? Compartilhe

  • 05/03/2013// Por: Igor Takeshi

    Relação das torcedoras: quantidade x beleza

    Relação das torcedoras: quantidade x beleza Acidez Feminina Taty Ferreira


    Gostou? Compartilhe

  • 04/03/2013// Por: Taty Ferreira

    O pai dele abriu a porta do banheiro e viu tudo

    Andréa resolveu contar pra gente o dia que ela mais passou vergonha na vida.

    O pai dele abriu a porta do banheiro e viu tudo Acidez Feminina Taty Ferreira

    Olá Acid,

    Um belo final de semana de final de ano (esse ano) eu e alguns amigos fomos para o interior na casa de uma dessas pessoas do lugar onde estudo. Basicamente foram 12 pessoas e os pais do colega que cedeu a casa.

    Chegando lá, tudo na boa, mais em algum momento um dos meus amigos perdeu uma tal de uma chave que era do quarto onde íamos dormir que era isoladinho do resto da casa, simplesmente sumiu, e depois de muito procurar o João que é o tal amigo “dono” da casa tava quase desistindo quando eu na maior inocência fui ajudar ele a procurar, e fomos nesse tal quarto isolado porque ele havia caído por lá mais cedo e supus que a chave pudesse ter caído do bolso, nós dois procuramos a chave e quando desisti resolvi subir pra onde tava rolando o churrasco e a bagunça, quando o João me chamou e simplesmente me vira e diz que quer me beijar (fiquei surpresa,  mais como sempre achei ele uma gato fiquei por ali mesmo).

    Resumidamente acabamos no banheiro que era fora do quarto e estava aberto – a principio fomos pra lá na intenção de trancar a porta já que o a situação tinha ficado “quentíssima” kkkkkk – porem a chave que trancava a porta do banheiro estava junto com a do quarto, então resolvemos arriscar e ficar por ali mesmo! Eis que o pai do João começar a  chamar por ele, mas o “entretenimento” fez com que nós dois não ouvíssemos, e só fomos perceber quando o pai dele já estava abrindo a porta e nós dois lá dentro praticamente pelados (mais ele do que eu kkkk) quando ele viu a situação não sei qual de nós três ficou mais sem graça, ele mais que rapidamente fechou a porta e nós mais que rapidamente começamos a nos vestir.
    Quando discretamente subimos eu fui pra parte de cima da casa, e o pai do João, como se a situação já não estivesse constrangedora o suficiente, resolve virar pra mim e falar –  Desculpa por ter atrapalhado você e meu filho, se soubesse que vocês estavam tão empolgados lá embaixo nem tinha ido naquele banheiro!

    E eu no maior cinismo do mundo falei – Oxiii, mais nem tava sei lá onde tava João!

    Mais que depressa ele me vira e responde – Sério?! Então de onde veio esse SUPER chupão no seu pescoço e os que eu vi no dele??? – Infelizmente fiquei totalmente sem resposta porque sou negra e nunca tinha ficado com um chupão tão horrível quanto o que ele deixou! Fiquei tão sem graça que ficou estampado na minha cara e a mãe e o irmão dele que estavam perto deram tanta risada de mim que eu só dei um sorrisinho sem graça e voltei pro churrasco de blusa fechada o máximo que pude.

    Minha sorte é que eles não são desses pais caretas que não gostam de saber que os filhos transam e levaram tudo na brincadeira.”


    Gostou? Compartilhe

  • 01/03/2013// Por: Igor Takeshi

    Quando você sabe que magoou uma mulher

    Quando você sabe que magoou uma mulher Acidez Feminina Taty Ferreira


    Gostou? Compartilhe

Taty Ferreira

Blogueira

/acidezfeminina
/acidezfeminina
/AcidGirlTestosterona
/acidezfeminina
/AcidezFeminina
/AcidezFeminina
Olar bandiputo!!!

Natural de Araxá/MG, tem 30 anos, é blogueira, youtuber, empresária, escritora, modelo, atriz e mentirosa. Produz conteúdo para a internet desde 2009 e ama o fato de poder trabalhar usando pijama. Tem uma missão de que é lembrar as mulheres de depilarem seus bigodes. Você, mulher, já depilou seu bigode essa semana?