illustration celebrate international day for the elimination of violence against women instagram post 1024 × 574 px

Suportaria mais um pouquinho?

Grávida após ser vítima de um estupro e mantida pela Justiça em um abrigo para evitar que faça um aborto autorizado, a garotinha foi levada de casa depois de uma audiência, na qual a Justiça e Promotoria pediram para a menina manter a gestação por mais “uma ou duas semanas” para aumentar as possibilidades de sobrevivência do feto. O caso foi revelado pelos sites Portal Catarinas e The Intercept.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.